Ilíada I. 1-7

Canta, ó deusa, a cólera de Aquiles, o Pelida
(mortífera!, que tantas dores trouxe aos Aqueus
e tantas almas valentes de heróis lançou no Hades,
Ficando seus corpos como presa para cães e aves
De rapina, enquanto se cumpria a vontade de Zeus),
Desde o momento em que primeiro se desentenderam
o Atrida, soberano dos homens, e o divino Aquiles.

(trad. de Frederico Lourenço, Cotovia)

Anúncios

Sobre Joaquim Pinheiro

Professor Auxiliar da Universidade da Madeira - Centro de Artes e Humanidades / Investigador do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra - Faculdade de Letras
Esta entrada foi publicada em Leccionação. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s